segunda-feira, setembro 10, 2012

Academia de Música e Dança do Sabugal precisa de todo o nosso Apoio


A Associação Transcudânia apela à comunidade, população e amigos do concelho do Sabugal,  que ajudem e contribuam para  salvar a Academia de Música e Dança do Sabugal.
Dia 14/09 às 20h30, realizar-se-á uma reunião,  no salão da Junta de Freguesia, para expor a situação actual da Academia e debater ideias para encontrar soluções.
A Academia tem feito um trabalho memorável no concelho, é da responsabilidade de todos contribuir para que iniciativas destas não acabem.




Artigo retirado da Capeia Arraiana, da autoria do professor Rui Chamusco


727950de69efe633f00584291088364f.jpg
Há mais ou menos dois anos que o projeto Academia de Música e Dança do Sabugal começou a ser implantado, com o apoio de várias instituições e com o entusiasmo de muitas crianças e encarregados de educação, que viram assim concretizados os seus desejos de puderem estudar e aprender música e/ou dança. Durante estes dois anos à volta de uma centena de alunos e uma dezena de professores fizeram um caminho regular, onde a estrutura de uma verdadeira academia se foi afirmando quanto à sua organização e credibilidade. As audições trimestrais e algumas actuações em público fazem disso prova, bem como a confiança dos pais e encarregados de educação que em nós têm depositado.
Como mentor deste projecto, recordo que um dos objectivos era proporcionar uma aprendizagem musical a todas as crianças (à semelhança dos projectos “Orquestras da Rua” de Gustavo Dudamel). A Câmara Municipal do Sabugal sempre interessada pelo desenvolvimento desta actividade tem-nos apoiado com a cedência de instalações e alguma verba económica; a Junta de Freguesia de Sabugal deu-nos um apoio inicial para o arranque do primeiro ano e tem emprestado o salão da Junta para a actividade das Danças de Salão. A Associação Cultural e Recreativa do Sabugal tem suportado toda a parte administrativa. A todos os elementos destas organizações mencionadas que se empenharam na concretização deste projecto um grande “bem haja”.
Estatutariamente a AMDS depende da Associação Cultural e Recreativa do Sabugal. Ora como os sócios que pertencem a esta associação são particularmente os elementos que fazem parte do Grupo Coral e de Cantares do Sabugal e, por inerência, os alunos que frequentam a AMDS a sua base de apoio é muito frágil. E não gerando por ela própria fundos económicos que possam suportar estas actividades é fácil concluir que a academia não tem sustentabilidade económica para continuar. Por outro lado as mensalidades pagas pelos alunos ficaram sempre aquém do preço real pago noutras instituições similares. Perguntarão porquê? Porque, respeitando a ideia inicial do projecto, quisemos praticar “preços sociais” de modo a facilitar a frequência da música a todos. A crise económica que entre nós se tem instalado é também explicação para a falta de apoios esperados mas que não temos a certeza de recebê-los. A única razão para que AMDS não possa continuar é simplesmente a falta de proventos económicos porque alunos, professores, e instalações existem e com alguma qualidade.
Acresce a tudo isto que a direcção da Associação Cultural e Recreativa está acabar o seu mandato em 31.12.2012 e não está disponível para outro mandato, o que agrava ainda mais a situação da AMDS. Encarregados de educação e pais vão ser convocados para uma reunião geral, no dia 14 de Setembro a fim de clarificar e resolver esta situação. Esperamos ansiosamente por uma resposta que nos possa dar a possibilidade de continuarmos a sonhar e a trabalhar pela credibilidade de uma escola de música que dignifique a cidade do Sabugal. Pessoalmente tenho-me empenhado quanto posso na edificação de projectos musicais no nosso concelho, porque acredito que através da música podemos desenvolver culturalmente as nossas terras e as nossas gentes, particularmente as crianças e os jovens. Tenho receio que algum dia, e oxalá este dia esteja longe, seja obrigado a dar a seguinte notícia. “ AMDS-Faleceu!” Se assim acontecer, será com certeza a minha última tentativa de criar ou de me envolver em qualquer outra iniciativa nesta cidade.
Esperamos para ver. Mas faço um apelo a que as pessoas interessadas em salvar a Academia de Música e Dança do Sabugal apareçam na reunião do dia 14 de Setembro às 20.30 horas, no salão da Junta de Freguesia, e nos ajudem com as suas propostas a salvar esta criança de dois anos, que já anda e corre cheia de vida mas que está em risco de morrer. S.O.S.
Enviar um comentário