quinta-feira, janeiro 02, 2014

Programa Europa Criativa: 170 milhões de euros disponíveis em 2014

27/12/2013
As organizações culturais e criativas que desejem concorrer para financiamento em 2014
 graças ao programa Europa Criativa, o novo programa da União Europeia para os
 setores culturais e criativos, podem começar a preparar os seus pedidos de subvenção. 
Encontrarão os primeiros detalhes das oportunidades de financiamento (convites à apresentação de propostas) aqui.
A fim de ajudar a preparar as candidaturas, o novo Guia do programa Europa Criativa 
contém uma grande variedade de informações sobre o processo de financiamento. 
São disponibilizados quase 170 milhões de euros de financiamento no quadro dos primeiros
 convites à apresentação de propostas do programa para 2014. Os particulares não podem 
concorrer diretamente às subvenções; devem, sim, contactar organizações relevantes 
como associações culturais, festivais, teatros e distribuidores cinematográficos, etc., 
que apresentam a proposta. Podem ainda contactar a sua rede nacional de centros de informação Europa Criativa.
O programa Europa Criativa, que será dotado de um orçamento total de 1,46 mil milhões
 de euros nos próximos sete anos - 9 % mais do que atualmente — apoiará artistas,
 profissionais da cultura e organizações culturais em domínios como as artes do espetáculo,
 belas artes, edição, filmes, televisão, música, jogos de vídeo, artes interdisciplinares, 
património e jogos de vídeo que possam operar noutros países e desenvolver as competências 
que são necessárias na era digital. Ao aumentar a visibilidade das obras culturais europeias 
noutros países, também irá promover a diversidade cultural e linguística.
Para além dos subprogramas Cultura e MEDIA, o programa Europa Criativa incluirá 
uma vertente intersectorial para apoiar a cooperação política, intervenções transversais
 e um novo mecanismo de garantia financeira, que permitirá às pequenas e médias empresas 
dos setores culturais e criativos acederem a empréstimos bancários até ao montante de 750 milhões de euros. 
O mecanismo estará operacional a partir de 2016.
O novo programa, que substitui os programas MEDIA, MEDIA Mundus e Cultura,
 irá afetar 56 % do seu orçamento ao apoio do cinema e o setor audiovisual e 31 % ao apoio à cultura.
Os setores culturais e criativos europeus representam até 4,5 % do PIB europeu,
 correspondendo a cerca de 3,8 % da mão-de-obra da UE (8,5 milhões de pessoas).
Enviar um comentário